14 de abr de 2011

13/04/11 - Lutando por cada minuto!


Quarta-feira do jejum é sempre igual. Não há muito o que dizer. É curioso que durante o jejum sinto MUITO MENOS fome, do que quando como pouco. É muito curioso e interessante.
Acredito que quando o jejum tem um objetivo, o corpo colabora. Tudo isto é uma questão de crença sobre si e sobre o cosmos. Existência e não existência de outras realidades e possibilidades. Cada um é livre para pensar o que lhe aprouver. Eu prefiro imaginar que as realidades e possibilidades tem a mesma característica do universo: infinito.
O que parece infinito também é minha capacidade de altos e baixos no meu longo caminho do gordo! Hoje, mesmo, ao fim do jejum tão tranqüilo, comi um pouco a mais do que o recomendável. Pouco, mas aconteceu.
É como dizem os grupos de recuperação dos vícios: um dia de cada vez, cada hora e minuto são uma vitória. Nós, os vicimidas não somos diferentes. EU não sou diferente.
Vou continuar batalhando por cada minuto de vitória a mais.
E no mais, foi isso. Abraço e juízo..

Nenhum comentário:

Postar um comentário