4 de abr de 2011

03/04/11- Segura a boiada!


Domingo! Domingão! E aqui estou comendo um pouco mais...Continua o concurso das coxinhas! Mas, o que realmente tem me ocupado o dia é livro! Estou ajudando minha filha num trabalho para lá de chato! Sobre produção de texto em faculdades. Um livro de pedagogia que prega que a pessoa pode falar errado, mas tem que escrever certo! Hein? Não entendi!

Na verdade, chegam a dizer que não existe certo ou errado, cada um tem seu jeito de falar! Então, tá! Apenas para não dar confusão nos documentos é melhor tentar colocar algumas normas em comum na escrita. Olha, para mim é uma deseducação. Alegam que não podemos "engessar" a língua para que ela não perca sua capacidade de se alterar com o tempo. Mas, mesmo quando era mais engessada do que hoje, a língua se alterou porque quando uma mudança vem com força suficiente o tempo a torna parte da língua. Não precisamos simplesmente "liberar geral"! Eu não concordo com o livro, mas estou lendo, fazer o quê?

Falando de comida, peguem esta receita saborosa, porém "pecaminosa". Pão de forma, maionese, mortadela defumada, queijo, fatia de tomate, óregano. Adicione tudo e mande para a sanduicheira e seja feliz! Se não tiver, como eu mesmo não tinha tempos atrás, sem crise! Pegue uma frigideira, coloque manteiga, deixe o lanche lá e vá pressionando aos poucos com a escumadeira e pronto, seja feliz, again!

Minha filha me fez a pergunta fatal: Que adianta passar fome na semana, e comer tudo de uma vez em dois dia? Foi um pouco exagerado, eu não comi tudo em dois dias, ela não faz idéia do tamanho do meu "tudo"! Mas, de fato, exagerei um pouco. A crise do Vicimida (viciado em comida): Abriu a porteira passa boi, passa BOIADA! E eu não sou peão! Sou o boi da frente, alguém me lace que eu vou embora. O peão chama-se balança! Então é peoa e com laço firme e certeiro!


No mais, já fui! Se precisar, mande mail que eu tô no rodeio! Hahaha! Abraço..

Nenhum comentário:

Postar um comentário