15 de dez de 2011

12-13/12/11-O retorno de King Kong!


Lembram-se que do filme com a morte de Kong e tudo o mais? É tão similar a vida do gordinho! Acompanhem comigo.

E lá está a nossa sem-vergonhice-gulodice-vício-tentação urrando loucamente! E aquilo não é a Chita, não! É um King Kong! Um Kong apaixonado desde sempre pela mocinha (comidas, comidas, comidas), e o macaco apronta todas! Leva sua paixão ao topo do Empire State Building (Ou ao topo dos quilos e mais quilos e mais...) e claro, despenca com tudo e....bem....se lasca inteiro)!

O que usamos para derrubar a criatura é a ajuda da aviação e tome bala (aviões de dieta: preparar, apontar...FOGO!). Mas eis que....acontece O RETORNO DE KING KONG! RUUUUUUARRRRR! Ô bicho difícil de morrer! E é o King Kong! Dá um trabalho danado de vencer!

Segurem o Kong! Segurem o Kong! Hahaha! E não tem banana que dê jeito, minha gente!

No mais foi isso, vou dar uma banana para o King Kong! Abraço!

10-11/12/11-Devoradores de livros!


Estou lendo “As Valkírias” e o “Desenvolvimento da Consciência”, “Cura Vibracional”, estou com fome de livros! Sempre tive, a vida toda. O melhor alimento não engorda é só faz o bem.

Bem que podia haver livros de comida que servissem de alimento, já pensaram? Eu abro um livro de estrogonofe, num dia de guloso leio 50 páginas e saio de barriga cheia! Hahaha! O termo devorei um livro teria o maior significado.

Livromidas para vender! Hmm que delícia! O que ia aumentar o número de leitores neste país não está escrito em livro! Hahaha! Livromida não engordaria, imaginem! Você lê, vê as figuras e sai de barriga cheia! Isto sim é bom negócio!

Mas, enquanto não vem essa inovação o jeito para todos nós é ficar com o “Só é gordo quem quer”, mesmo! Hahaha! O “Best-seller” de todo o gordinho que se preza, atire a primeira pedra quem nunca leu ou usou as tabelinhas!

No mais, foi isso! Abraço e Juízo!

07-08-09/12/11-Hare Krishna!

Hare Krishna Hare Krishna
Krishna Krishna
Hare Hare
Hare Rama
Hare Rama
Rama Rama
Hare Hare

Pois é, estou me aproximando (já estive rondando antes) das filosofias orientais. Gosto muito de Krishna. Cantar, comer como vegetariano, orar. Tudo isto me atrai intensamente. Na verdade, emagrecer faz parte da minha busca espiritual. O equilíbrio faz parte desta busca.

Equilíbrio do “ar ao arterial” como diria Nando Reis. O que realmente busco é ser magro, equilibrado, vegetariano. Deixar de lado um pouco a matéria e me aprofundar no que tanto aprecio que é uma vida mais espiritual. Papo Zen, né? Hahaha!

O que acontece é que ainda não superei as “tentações da matéria” hehe! Mas o objetivo da caminhada existe e o caminho está aí para ser trilhado. A gente cansa, erra de direção, se apressa, se atrasa mas, se não desiste, chega lá!

Hare Krishna!

9 de dez de 2011

05-06/12/11-O Alquimista, nã-não! O Gordolquimista!



"Quando você quer alguma coisa, todo o Universo conspira para que você realize o seu desejo"

(O Alquimista - Paulo Coelho)

Pois é, estou lendo “O Alquimista” do Paulo Coelho, deu para perceber certo?Hahaha! Aí vocês me perguntam está lendo somente agora? Oh, sim, as coisas vem no tempo certo. Independente de toda a discussão do texto ser ruim, e blá...blá...! Bom, um monte de coisas entra neste caldo de elogios e críticas. Desde gente que se deslumbra fácil até o povo que não aceita nada além em termos de conceitos sobrenaturais. Desde aqueles que nada conhecem e querem conhecer aos que acreditam que já sabem tudo e portanto, o texto é fraco e tal...

E eu com isso? Gosto de literatura e gosto de esoterismo. Posso ler um mix e aproveitar se me dá vontade de ler, passo a peneira. Sempre em tudo há algo que se aproveite!

Certamente não sou um alquimista e sim, um gordolquimista! Hahaha! Tenho que transformar peso em ar! E tem gente achando que é difícil transformar chumbo em ouro! Vá transformar gordo em magro para ver o que é bom! Hahaha!


"Quando tentamos ser melhores que somos, tudo em volta se torna melhor também."

(O Alquimista - Paulo Coelho)

E dentro do laboratório da minha mente vou fazendo os experimentos...e utilizando os aprendizados buscando o resultado entre uma explosão e outra! Segundo o livro, a busca do alquimista é um símbolo de todos nós, a busca da evolução. É por aí, saúde, contentamento, transformação, todo gordo também quer fazer sua Gordolquimia!


"Quando alguém evolui, evolui tudo que está a sua volta."

"Só uma coisa torna um sonho impossível: o medo de fracassar."

(O Alquimista - Paulo Coelho)

O Gordolquimista vai continuar caminhando. No livro o personagem atravessou um deserto para encontrar o tesouro. Dieta é deserto! Deserto de comida! Hahaha! Não vejo comida há quilômetros...cadê o oásis? Mas, não se pode viver de oásis se quer encontrar o tesouro da vitória, depois a gente volta, segue adiante gente! Que o deserto é árido e o caminho é longo...o Caminho do Gordo!

No mais...MAKTUB!..

7 de dez de 2011

03-04/12/11-O ministério da saúde adverte: Saladas e frutas até emagrecem, mas causam depressão! Hahaha!


Fim de semana. Quantas coisas boas para se comer. Ultimamente tenho dito que além de querer que as coisas mudem de sabor tipo uma laranja ter gosto de um bolinho de ovo (hmmmm!), eu gostaria que o Ministério da Saúde coloca-se um adesivo em cada fruta ou verdura:

O Ministério da Saúde adverte: Salada e frutas até emagrecem, mas causam depressão!

Hahaha! Eu sei que faz um bem danado, adoro isto, mas poxa vida, vou ser sincero: Que gostinho ruuiiiiiiimmm! Não venha me dizer que comer alface é como comer nhoque! Nem que couve é macarronada! Muito menos que jiló é um brigadeiro!

É ruim, mas faz bem e o que é bom faz mal. É triste, fazer o quê?

E devia-se colocar em todas as massas, embutidos, frios, carnes e doces:

O Ministério da Saúde adverte: Isto tudo faz um mal danado, mas você pelo menos fica alegre! Hahaha!

Alegria com prazo de validade que dura até a segunda...puxa e AMANHÃ é segunda! Deprimi! Hahaha!

O Ministério da Saúde adverte: É bom estar vivo e viver a segunda, mas segunda causa depressão!

No mais foi isso, abraço e juízo!

01-02/12/11-Abre-te Sésamo! Abre-te Gordésimo!



“É que lá vou eu de novo

Brasileiro nato

Se eu não morro eu mato

Essa desnutrição

A minha teimosia

Braba de guerreiro

É que me faz o primeiro

Dessa procissão..

Fecha a Porta! Abre a porta!

Abre-te Sésamo

Fecha a Porta! Abre a porta!

Abre-te Sésamo

Fecha a Porta! Abre a porta!

Eu disse:

Abre-te Sésamo

Hêêêêi!

Abre a porta!

Eu disse:

Abre-te Sésamo...”

Salve Rauuuuuuuuuuuuullllllllll! Estou ouvindo uma coletânea excelente. Abre-te sésamo desta dieta. Teimosia braba de guerreiro! Só pula a parte da desnutrição, a não ser se for desnutrição de esperteza para fazer o que é certo!

E o Ali Baba por comida? Baba mesmo! Este bandido vive acumulando os quilos na caverna! Caverna cada vez mais gorda diga-se!



Abre-te Sésamo! Abre-te Gordésimo! Vamos esvaziar, vamos distribuir esta caverna gorda! Hahaha!

Fecha-te sésamo! Fecha-te Gordésimo! Esvazia e fecha a caverna! Ou melhor: fecha a BOCAVERNA! Hahaha!

Toca Rauuuuullll! Salve Rauuulllll! Quero minha metamorfose ambulante para magro, para ficar com toda a certeza maluco beleza de felicidade!

E no mais, eu engordei há dez mil anos atrás! Hehehe!

Abraço!

6 de dez de 2011

28-29-30/11/11- Mala de papelão, cheia de tijolo em dia de chuva!


Tem dias que fazer a dieta é assim:

Carregar uma mala de papelão, subida acima (estrada de terra), carregada de tijolos debaixo de uma chuva torrencial usando chinelo havaianas (os que mais escorregam na chuva)!

Tudo parece levar ao desastre! Hahaha! O peso é enorme, o cansaço é grande, os escorregões acontecem toda hora! A resistência é fraca e a chuva não para! Hahaha! Não é assim, mesmo?

E chuva de nervos, tentações alimentares, dores de cabeça, enfim, o dia a dia não é moleza, mas passando fome piorou! É chuva em cima e a gente levando a mala de papelão cheia de tijolo!

Mas, a gente aprende com a teimosia e a coragem!

Abraço!

27/11/11-É uma brasa, mora!


Hoje, assisti o filme do Roberto Carlos. Roberto Carlos em ritmo de aventura! Na verdade, eu arrumei o filme para minha mãe assistir e fazer o quê? Assisti também. Nada contra o Beto, mora? Mas, o filme estava um “broto displicente” com a história.

Os Beatles fizeram melhor em seus filmes (o que eles não fizeram melhor?), bem antes do filme tive um belo almoço com frango assado e batatas, muuuuito bom! Adicione aí que minha esposa fez um pavê “dos deuses” e da até para agüentar o filme!

Já falei que minha dieta às vezes parece as canções do Beto, e de fato, está sempre em “ritmo de aventura”!

E todos os “detalhes”, você tem aqui! Bye! Byyyyeeee! Byyyyyyyyyeeeeeeee!

26-IIIIIITTTTAAALLIAAAAAANNNAAAAA!!!!


Juro que desta vez eu sou inocente! Mas a máfia da cozinha italiana me pegou desprevenido! Estava eu, muito tranquilamente em casa e eis que surge a oportunidade de ir a um jantar beneficente italiano, convites pagos e olhe que cada um custava uma nota, o que vou fazer? Que miraculo!



Então, lá vou eu e minha adorada esposa para o “sacrifício”. Eu amo cozinha Itallllllliiiiiiaaaaaaaaanaaaaaaaaaa! (Chupa esta, Agnaldo Rayol!) e nosssa! Que coisa! Bem, do príncipio...pegamos a fila, e havia primeiro um monte de saladas para todos os gostos, pense em uma...estava lá. Eu passei ao largo...hahaha! Para quem gosta tinha muita fruta, e tome gente fazendo salada de fruta para comer com massa! Que pecado, uva com molho de tomate? Manga com molho de tomate? Abacaxi? Lasciami! Lasciami! Hahaha!

Para não dizer que não falei de saladas...tudo bem, peguei um pouco de maionese, mas foi só para não ficar mal com os saladeiros que estavam de olho no meu prato vazio! Bando de chatos! Mi lasci in pace ! Hahaha!

Agora, o que interessa! Massas! Ula-lá-lá! Já viram raposa em galinheiro? Quanta fartura! Quanta alegria! La dolce vita!

Comecei com arroz, depois nhoque! Mas não nhoque assim de qualquer jeito...foi somente o MELHOR NHOQUE que eu já comi. Perfeito! Que molho, que massa! A seguir Canelone, eu AMO esta massa, porque juntou frios com massa é comigo mesmo! De repente caiu no prato uma tal de Conquilha de ricota, Caspita! Que delícia! E lombo e frango assado enrolado em um pedaço de bacon e vagem. Sem palavras, Figuratti!

Um parênteses aqui! O lombo estava ruim, não que estivesse ruim, mas eu detesto agridoce, e o lombo estava em molho de figo! Figo! Affff! Doce é doce, salgado é salgado, ao menos para mim. Não sou chique, sou brega mesmo para comer, Facciamo una combinazione! Não misturem feijão com banana, tá? Me perdoem os mineiros! Hahaha!

Então comi muito bem, obrigado! E com música italiana ao vivo! Dio Santo! Pensando o quê? Caiu do céu...pega!

Abbracci!

24-25/11/11-Construindo Pirâmides! Chicote no lombo!


Sabem...às vezes, penso que fazer dieta é como construir pirâmides! Fica lindo quando acaba, mas leva uma eternidade para fazer! Hahaha!

Que pedras pesadas! Que deserto escaldante! Que pirâmide alta! Hahaha! Faz mais baixa meu filho! Ô faraó cruel!

Então, não é moleza! E quase sempre desanimamos! E tome chicote no lombo! Ieeeauuuu! Isso dói! E lá vamos de novo, outro suco, outra comida mirradinha, outros exercícios!

E do topo destas pirâmides (ainda não finalizadas) 5000 dietas nos contemplam! Hahaha! Oh, mistério! Oh, segredos! Ísis e Osíris me socorram! Rio Nilo de Coca-Cola, tempestades de aveia, e nós bancando a esfinge: “Emagrece-me ou te devoro”, Hahaha! Esfinge gorda é assim: Ou emagrece ou come! Corram!

Vou parar de bancar a múmia e terminar logo essa pirâmide!

Abraço!

1 de dez de 2011

23/11/11-Feliz aniversário! Engordo na cidade!


Versão do sucesso do IRA! E todo gordinho vive na Ira!

Mais um ano que se passa

Mais um ano, veja você

Já não tenho o mesmo peso

Engordo na cidade


Essa dieta é jogo rápido

Para mim ou pra você

Mais um kilo que se engorda

Eu não sei o que fazer


Todo gordinho se desgasta

Faz de tudo pra esquecer

Um feliz e gordo aniversário

Para mim ou pra você


Feliz aniversário

Engordo na cidade

Feliz aniversário

Engordo na cidade


Meus amigos, minha rua

As garotas da minha rua

Não me convidam, não os tenho

Como demais, veja você


As garotas desfilando

Os rapazes a beber

Já não tenho o mesmo peso

Engordo até sem saber


Todo gordinho se desgasta

Faz de tudo pra esquecer

Um feliz e gordo aniversário

Para mim ou pra você


Feliz aniversário

Engordo na cidade

Feliz aniversário

Engordo na cidade


Hahaha! Na verdade o aniversário não é meu! Mas comi como um aniversariante. E tome sanduíche de carne moída, bolinho de frango, coxinha e afins... Ah! E o bolo, claro! Oh, vida! Feliz Aniversário! Engordo na cidade!

E no mais, forte abraço!

21-22/11/11 – Dieta MPB!



Quase não estou com tempo de registrar nada! Correria de fim de ano! E como diria Raulzito entre “o segredo do universo e a prestação que vai vencer...”, a gente corre!

Mas, noves fora, eu “ando meio desligado”, mas não tão mutante!

Minha dieta está uma MPB – Muito para a Barriga! Hahaha! Não que eu esteja exagerando, mas por “Detalhes” estou mais para estou mais nas mãos dos “podres poderes” do que um “Maluco Beleza”.

Mas “nem tão esotérico assim...” já disse Gil, apenas um “Bêbado e a (Dieta) equilibrista”, com uma dose “Insensatez”!

E amanhã tem aniversário! "Avôhai"!

E no mais, “Aquele Abraço”!

19-20/11/11– E tome BRock!



Gente do céu! Fui me meter a fazer o almoço, hoje! Estraguei tudo! O prato era macarrão de panela com calabresa. Cozinhei demais o macarrão e de menos o molho...virou sopa! Argh!

Deprimi! Fico triste com comida ruim! Coisa de gordo!

Mas, pelo menos curti uma coisa. Um DVD de rock brasileiro. Ô fase boa! Engenheiros, Capital, Ira, Lobão, Titãs (Err..mais ou menos), Paralamas (Idem), Legião...e para não falar de ouvir muito Raul! Toca Raul!

E no mais, Hoje em dia é Panis et Circensis já nem tão tropicália assim, às vezes Panis demais! Hehehe!

Abraço!

17-18/11/11 – Na velocidade de Rubinho Barrichello!


Ora, bolas! Às vezes, a gente começa a semana como Ayrton Senna e termina como Rubens Barrichello!!!!!

No ínicio da semana, ou talvez da segunda, estamos prontos, treinados, focados, e vitoriosos. Pole position, na certa!

Entramos na pista da dieta, e pronto!

Falha do motor, furo de pneu, problemas da embreagem...parafuso solto...quando chegamos em último lugar ainda estamos felizes! Afinal, não abandonamos a prova!!!

Síndrome de Rubinho, 100% na veia!

Vrruuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuummmmmmmmmmmm...CRASH!

Em suma, estou na pista, mas o “carro”não ajuda! Rsrsrs! Ou será que o piloto é burro? Hahaha!

Abraço!