30 de jun de 2011

Obesidade rouba 08 anos de vida



De acordo com estudo divulgado em congresso internacional sobre obesidade na Suécia, pessoas obesas morrem, em média, oito anos antes em comparação com pessoas da mesma faixa etária sem distúrbios alimentares.

A pesquisa foi feita por uma equipe de dinamarqueses do Hospital Universitário de Copenhague, com 5.000 recrutas entre 20 e 80 anos. Dois mil deles eram obesos no início dos trabalhos. O estudo aponta que a tendência a engordar começa antes dos 20 anos. A partir desse patamar, a probabilidade de desenvolver obesidade diminui, conforme aponta o estudo.

Segundo os cientistas, o risco de morte prematura aumenta 10% a cada unidade acima do patamar de 25 pontos do Índice de Massa Corporal (IMC), estabelecido como limite para peso normal.

O valor leva em conta a massa de um indivíduo em função da altura para determinar a taxa de gordura.

"Com 70 anos, 70% dos homens do grupo com massa normal e 50% das pessoas obesas da pesquisa estariam vivos e nós estimamos que, a partir da meia-idade, as pessoas acima do peso morreriam oito anos antes na comparação", explica Esther Zimmermann, médico e coordenador do estudo.

Mesmo sem considerar mulheres, os pesquisadores do Instituto de Medicina Preventiva do Hospital, setor responsável pelo trabalho, acreditam que os dados corroborem estudos anteriores com o gênero.


Fonte:http://www.bancodesaude.com.br

29 de jun de 2011

Frases mais ditas antes da morte


- Essa dor no peito não é nada!
- Esse iogurte venceu só a dois dias, pode comer numa boa!
- Pula aí que eu te seguro!
- Pode deixar que eu dirijo bem melhor quando eu tô bêbado!
- Atira se for homem!
- Atravessa correndo que dá.
- Sabe qual a chance de isso acontecer? Uma em um milhão...
- Tem certeza que não tem perigo?
- Confie em mim.
- Capacete? Imagina, tá calor.
- Você é grande mas não é dois!
- Pode passar a mão, é pitt bull mas é mansinho.
- Pode ligar, a voltagem tá certa!
- Qualquer idiota sabe mexer com eletricidade!
- Vocês duvidam? Duvidam que eu pego essa aranha na mão?
- Fica tranquilo ... tá comigo tá com Deus!
- Querido, deixa eu dirigir desta vez?
- Você engordou né, querida?

22 de jun de 2011

Gordo vs. Magro - A batalha!


O que difere o gordo do magro além da excessiva diferença em massa corporal? Para responder a esta pergunta temos que analisar a raiz do problema, ou seja, a comida. Para o gordinho a comida e fonte de volúpia e agitação. Envolvendo comida, qualquer papo se torna interessante. Pessoas normais que veriam coisas obscenas em uma simples banana ou em um pepino tem ideais na vida. O gordo não. Ele vive para comer. Tanto, que em coisas obscenas ele enxerga uma banana, um pepino ou qualquer outra coisa que possa ser ingerida.

Nossa sociedade de magros atribui as pessoas gordas várias qualidades negativas como contrapeso de escada rolante e afunda navios. A pessoa gorda é vista pelas outras como um ser esférico que devora tudo o que ver pela frente e que tem a tendência de quebrar tudo que se encontra abaixo dele. Quantas vezes você não ouviu "CUIDADO!! TERREMOTO!!" quando você caiu ou "Vamos fazer corrente positiva pro bicho sair do chão." quando percebem que você acaba de entrar no avião? Isso sem contar as caras de terror das pessoas quando percebem a dificuldade do elevador em se locomover e às vezes que te confundiram com um lutador de sumo quando foi à praia.

E os magrelos? Cadê a gozação em cima deles? Podemos, como gordinhos assumidos, chamá-los de salsicha, preveni-los contra vento forte, etc... A verdade é que os gordinhos são largamente discriminados apesar de poderem fazer as mesmas coisas que qualquer outra pessoa normal. No problema do estacionamento citado acima, basta apenas um maior distanciamento entre os carros para que o gordinho possa executar a simples tarefa de passar entre eles.

16 de jun de 2011

Cozido à mineira



 1 colher (sobremesa) de salsa picada
2 colher (sopa) de manteiga
100 gramas de azeitona preta sem caroço
2 pimentões vermelhos em quadradinhos
500 gramas de músculo cortado em cubos
1 repolho médio em tiras finas
3 talos de palmito em rodelas
3 batatas médias em cubos
1 cenoura média em fatias
pimenta-do-reino a gosto
1 cebola média
sal a gosto


Derreter a manteiga em uma panela de pressão. Refogar a cebola e a carne, até a pimenta dourar (10 minutos). Temperar com sal e pimenta e depois juntar água na panela até que fique 3 dedos acima da carne. Juntar a cenoura e os pimentões, tampar a panela e deixar cozinhar por 10 minutos. Abrir a panela e acrescentar o repolho e a batata. Tampar novamente e deixar cozinhar mais 10 minutos (contados depois da pressão começar). Abrir a panela e juntar a azeitona, o palmito e esperar que seque um pouco o caldo (cerca de 5 minutos). Por último, juntar a salsinha e desligar o fogo. Servir quente.


Fonte: http://www.livrodereceitas.com

14 de jun de 2011

13/05/11 – Notícias do Front!



O dia “D” foi adiado! Atenção todos os aliados!

Um surpreendente contra - ataque das forças inimigas torna inviável o ínicio dos combates pelos exércitos "Gordro" .

O dia D foi adiado, por falta de recursos materiais para o esforço de guerra (Estou sem o meu suco!)

Além disto, a situação climática continua adversa (Quem agüenta este frio?).

As tropas estão sendo reunidas e o material de campanha está sendo reunido. A moral dos exércitos “Gordro” está se elevando. Bem com a confiança.

O inimigo é terrível, mas nossa persistência também!

We Shall Never Surrender!

Gal. Gordro – Comandante Supremo das Forças Aliadas da D. I. E. T. A

13 de jun de 2011

USANDO A MENTE PARA CURA OU EMAGRECIMENTO



Uma novidade no mundo da medicina alternativa está provocando muita discussão. Não é nada de comprimidos, gotas, injeções. O remédio usado é a  força do pensamento.

A força do pensamento está sendo usada para o tratamento de algumas doenças (tendinite, asma, enxaqueca, etc) e distúrbios, como a obesidade.

A médica Márcia Yamamura induz o paciente a buscar na memória, no subconsciente, lembrança de maus acontecimentos,  pois a origem de quase todas as doenças está no emocional das pessoas.

O médico João Yokoda  testou a novidade nele mesmo. Ele  pesava 108 kg. Dois meses depois, já estava com 89 kg. Não voltou mais a engordar.

Basicamente,a técnica consiste em mentalizar o corpo com peso ideal: A pessoa precisa relaxar, estar despreocupada e concentrada no pensamento. Durante  três minutos, a pessoa projeta a imagem que gostaria de ter. Mentaliza a gordura do corpo sendo dissolvida, o corpo ficando magro, a alegria, a descontração do novo perfil.

O subconsciente apesar de poderoso não sabe distinguir uma imagem verdadeira de uma falsa e vai reagir positivamente para transformar a imagem em realidade

Para vencer a compulsão de comer, deve-se imaginar comendo aquilo que mais tem vontade, com gosto, até saciar a fome. Esse exercício serve para inibir o desejo pelas guloseimas.

O pensamento influencia o cérebro, que envia as informações para o subconsciente que as executa no organismo.
A mentalização deve ser feita três vezes ao dia.

Em São Paulo, 300 pessoas já deixaram de ser obesas buscando os segredos do subconsciente.

Nosso pensamento (bom ou mau) interfere no na nossa saúde e bem estar. Quer uma prova?

Quantas vezes sua boca encheu de saliva quando alguém está falando ou quando voce se lembra de alguma comida saborosa? Entretanto, aquele alimento não está aí, mas seu subconsciente reage como se ele estivesse e você pronto para ingerí-lo, ja enviando a saliva para sua boca...

Ou quantas vezes você viu pessoas perderem o apetite quando alguém à mesa fala em coisas nojentas? As coisas nojentas (um vômito, por exemplo ou uma barata esmagada) não estão alí, mas seu subconsciente não sabe distinguir se o que a pessoa está imaginando é falso ou verdadeiro e seu subconsciente, para protegê-lo, faz voc perder o apetite.

Por João Yokoda

10 de jun de 2011

10/06/11 - Atenção aproxima-se o Dia "D"!!!!!


Tal e qual a famosa operação aliada da Segunda Grande Guerra Mundial. Aviso a todos os queridos visitantes que como eu, não desistem da caminhada que na próxima segunda ( dia 13) será o dia "D", o retorno dos posts diários desta árdua guerra pela perda de peso!

Notícias do front:

Os exércitos "Gordro" tiveram que bater em retirada ante a superioridade numérica do inimigo (era muita comida).

Além disto, situações climáticas adversas fizeram com que os esforços de campanha ficassem paralisados. (O frio aumenta a fome).

A moral das tropas diante das adversidades também esteve em baixa, dificultando o retorno dos combates (Passei por muito stress, e francamente andei meio desleixado).

Mas, após a reavaliação da estratégia e a recomposição das tropas está tudo pronto para o retorno dos combates. O inimigo é forte, mas somos perseverantes!

We shall never surrender!

Até o dia "D"!

Abraço!

Gal. Gordro
Comandante supremo das forças aliadas da D.I.E.T.A - Defensores Internos Especiais Tropa de Assalto

Receita de Lasanha


Ingredientes
- 1 pacote de lasanha pré-cozida
- 300 g de presunto fatiado
- 300 g de mussarela fatiada
- queijo ralado para polvilhar
Molho Bolonhesa:
- 1/2 kg de carne moída
- 2 tabletes de caldo de carne
- 500 g de polpa de tomate
- 2 colheres (sopa) de óleo
- 1/2 cebola picadinha
- salsa, orégano e manjericão a gosto
Molho Branco:
- 4 colheres (sopa) de manteiga
- 4 colheres (sopa) de amido de milho
- 1 litro de leite
- sal e pimenta do reino a gosto
- 1 pitada de noz moscada (opcional)

Modo de Preparo
1. Para o molho a bolonhesa, em uma panela, aqueça  o  óleo e refogue a cebola.  Acrescente a carne moída e deixe dourar. Junte os tabletes de caldo de carne, espere dissolver e acrescente o molho de tomate, a salsa, o manjericão e o orégano. Vá juntando água aos poucos e deixando apurar bem.
2. Enquanto isso, prepare o molho branco: em  uma  panela, coloque o leite, a manteiga, o amido e mexa, em fogo brando, até adquirir consistência cremosa. Tempere com o sal, a pimenta do reino e a noz moscada.
3. Unte com óleo ou margarina um refratário retangular. Coloque uma porção do molho branco e uma camada de massa, deixando espaço entre as lâminas. Cubra com presunto e mussarela. Coloque uma camada de molho à bolonhesa e uma nova camada de massa, presunto e mussarela. Repita as camadas até a borda  do  recipiente. Termine com o molho branco e polvilhe com queijo ralado. Leve para assar em forno pré-aquecido (200ºC) por 20 minutos, coberta com papel-alumínio. Retire o papel alumínio e deixe no forno para dourar por mais 10 minutos.

Rendimento: 8 porções

Fonte: http://www.menuespecial.com

6 de jun de 2011

Peso e Articulações



O corpo humano é uma máquina que, na maioria das vezes, tende a funcionar bem. Mas se houver um exagero na alimentação e falta de atividades físicas, essa máquina precisa suportar um acúmulo de peso para o qual não está preparada. E as articulações sofrem por ter de carregar esse peso excessivo, em muitos casos, durante a vida inteira.

A osteoartrite é a forma mais comum de artrite e cerca de 21 milhões de americanos e 1,2 milhões de brasileiros enfrentam o problema. A doença atinge cartilagens, ligamentos e ossos, acometendo três vezes mais mulheres do que homens e provocando deformidades que podem comprometer os movimentos naturais do corpo.

Tanto é verdade que um estudo do Serviço de Nutrição da Universidade de Lille, na França, constatou - depois de uma pesquisa com mais de 18 mil pessoas com o Índice de Massa Corporal (IMC) médio de 34,6, ou seja, com pelo menos 30 quilos acima do peso idealque em primeiro lugar a queixa era de dor na coluna vertebral (44,6%). O quarto lugar (depois de hipertensão e colesterol alto) ficou para a artrose no joelho (30,8%). E as principais vítimas eram as mulheres.

A conclusão é simples: o excesso de peso sobrecarrega as articulações, causando dor, perda da flexibilidade e pode até ser um dos agravantes da osteoartrite, antes conhecida como osteoartrose ou artrose. "Alguns quilos a mais não são causadores da terrível artrose. É preciso ter predisposição ao distúrbio. Mas os problemas mecânicos de sobrecarga de peso podem piorar a doença que já esteja instalada no organismo", explica a reumatologista Maria Cecília Anauete, do Hospital Santa Paula, de São Paulo.


Dobra daqui , dali , peso em excesso: as articulações exigem atenção preventiva . Séria e profissional
             
           

Dobradiça do corpo

As articulações são formadas por ossos que têm as extremidades revestidas com uma superfície lisa, chamada cartilagem, que funciona como amortecedor de choques e atritos. Também faz parte deste conjunto o líquido sinovial, viscoso, que envolve as juntas, mantendo o conjunto lubrificado, evitando, dessa forma, a fricção entre os ossos e facilitando os movimentos.

Estas estruturas quando expostas a um peso maior "podem desenvolver problemas e as partes mais afetadas são os joelhos e a coluna vertebral", diz a fisioterapeuta Maria Cecília Rezek Juliano, da Unidade de Fisioterapia e Reabilitação, Unifir, de São Paulo, SP.

Quando a balança dá um salto para cima, os quilos extras afetam, em última instância, as articulações. "Os joelhos precisam suportar uma carga imensa para andar ou subir e descer uma escada, por exemplo. Quem pensa que, quando senta, se livra do mal, se engana. Nessa posição o peso vai ser sustentado pela coluna lombar, causando a lombalgia e provocando dor", afirma a fisioterapeuta.

Como se isso não fosse suficiente para convencer as pessoas a emagrecerem o ombro também é muito exigido, principalmente na hora do sono, pois como a tendência é dormir de lado, todo o peso cai sobre esta articulação. "O ideal, na hora de dormir, é acomodar o travesseiro deixando uma distância do ombro até a orelha para reservar o espaço e não causar uma sobrecarga ao local", ensina Cecília Rezek.

Fonte: http://dietaja.uol.com.br

3 de jun de 2011

Sopa de Tomate



Ingredientes:

-1kg de tomate
-1colher (sopa) de óleo
-1cebola picada
-2dentes de alho amassados
-1colher (sopa) de concentrado de tomate
-4xícaras de caldo de frango, sal e pimenta
-1/2colher (chá) de açúcar

Modo de Fazer:

Faça uma cruz na base dos tomates, coloque-os em água a ferver durante 1-2 minutos e mergulhe-os em água fria. Retire a pele, de cima para baixo, partindo da cruz. Triture a polpa. Aqueça o óleo numa panela média, junte a cebola e o alho. Refogue-os durante 5 minutos ou até a cebola estar bem macia. Junte o tomate e o concentrado de tomate. Refogue na panela tampada em fogo brando durante 10 minutos. Acrescente o caldo, o sal, a pimenta e o açúcar e deixe cozinhar tampado durante 5 minutos. Coloque a sopa aos poucos no liquidificador ou processador de alimentos e triture até obter uma mistura homogênea. Volte a colocá-la na panela, aqueça bem e, se quiser, sirva decorada com um raminho de erva fresca.

Fonte: http://www.superreceitas.com

Tomate, o poder curativo do licopeno


O licopeno é um carotenóide que confere a cor vermelha ao tomate e pode ser também encontrado, em menores quantidades, na melancia, na goiaba, no morango e no mamão. Quanto mais intensa for a cor vermelha do tomate, mais rico em antioxidante ele será. Portanto, quanto mais maduro o tomate, tanto melhor!

Por ser um carotenóide, o Licopeno é melhor absorvido na presença de gorduras saudáveis. A adição de uma dose moderada de gordura monoinsaturada facilita o transporte, a absorção e a ação do Licopeno no organismo. Por isso, para tornar sua preparação à base de tomates ainda mais poderosa e saudável, acrescente 1 fio de azeite de oliva extra-virgem processado à frio.

Prefira tomates cozidos! Outra característica observada pelos estudos foi que o calor aumenta a iodisponibilidade do licopeno, ou seja, esse fitoquímico é melhor absorvido pelo nosso organismo quando os tomates são cozidos. Ou seja, priorize os molhos e sopas de tomate.

O processo de industrialização do tomate, para a elaboração de molhos prontos, catchup e outros, não destrói o licopeno, no entanto, observe com atenção os rótulos e escolha aqueles com menores teores de calorias e sódio.

Além do "superpoderoso" Licopeno, os tomates são também fontes de Vitamina C e de Potássio, mineral importante no controle da pressão arterial, nas contrações musculares, na saúde das artérias e na manutenção dos líquidos celulares.

Mais sobre o LICOPENO
* Apoio Antioxidante para a saúde cardiovascular.
* Licopeno é um pigmento vermelho que dá ao tomate sua brilhante cor vermelha.

Estudos científicos recentes sobre esta substâncias fitoquímicas indicam que este licopeno exibe propriedades antioxidantes que protegem o corpo contra os danos causados pelos radicais livres e pode também ajudar a apoiar e sustentar a saúde da próstata, algo que tem preocupado muitos homens.

Licopeno é o principal constituinte ativo nos tomates, tem recebido bastante das pesquisas sobra o câncer da próstata. Entretanto, há alguns debates dentro da indústria sobre qual realmente é melhor—somente licopeno ou licopeno juntamente com outras substâncias fitoquímicas naturais encontradas no tomate.

De acordo com algumas pesquisas publicadas no Jornal do Instituto Nacional do Câncer, indicam que uma combinação das substâncias fitoquímicas naturais encontradas nos tomates, e não só o licopeno, podem ajudar a diminuir o risco de mortes resultando do câncer da próstata. Estudos conduzidos por pesquisadores de Universidades mostram que os ratos que se alimentaram de uma dieta contendo pó de tomate, que continha todas as substâncias fitoquímicas importantes do tomate, tiveram um menor risco de vida relacionado ao câncer da próstata, do que os ratos alimentados de uma dieta contendo licopeno sintético.

Em um estudo publicado, cientistas descobriram que o licopeno puro reduz significativamente o efeito do hormônio masculino, androgênio, na próstata. De acordo com os pesquisadores, os androgênios atuam um papel chave no desenvolvimento do câncer de próstata nos homens durante a vida. Em co-operação com os Alemães, cientistas usaram um modelo animal de câncer de próstata para imitar o câncer humano. Os animais se alimentavam de licopeno, vitamina E, uma combinação dos dois ou uma mistura de um placebo, por quatro semanas. Logo após receberam uma injeção de células de câncer de próstata em suas próstatas. Estas células de câncer cresceram e se tornaram tumores dentro de duas semanas. Dando licopeno, e também a vitamina E, causou um maior número de morte das células, o que foi mostrado pelas áreas maiores dos tecidos mortos nos tumores da próstata.

De acordo com o líder dos pesquisadores, J. Elliot, os pesquisadores descobriram que o licopeno interfere com a ativação local de androgênio nivelando a 5-alfa-reductase, a enzima chave para a transformação de testosterona para DHT. Além disso, o licopeno diminui as expressões de duas citosinas prostáticas, IGF-I e IL-6, ambos sendo fatores de risco para o câncer de próstata.

Entre outros benefícios podemos destacar ainda que o tomate traz a estimulação da secreção gástrica e da ação depurativa do sangue, é auxiliar em tratamento de pele, gota, reumatismo, astenia e prisão de ventre. Favorece o crescimento e a ossificação, além de ser auxiliar contra as infecções bacterianas, perturbações digestivas e pulmonares.

É eficaz em tratamentos contra a caspa e queda de cabelos. No caso de queimaduras de Sol, o sumo de tomate pode ser passado no local várias vezes por dia.

Os tomates são as fontes alimentares mais ricas em anticoagulantes.
Fonte: www.apanaceiaessencial.blogspot.com