4 de out de 2011

Dieta para diminuir Colesterol e/ou Triglicerídeos aumentados



ALIMENTOS PROIBIDOS

· Carnes gordas e enlatadas, carne de porco, fígado (±) , rins (±) ,"pele" da galinha, etc.;

· Leite gordo, queijo gordo (amarelo), manteiga e derivados, leite integral, etc.;

· Frios embutidos (presunto, salame, etc.);

· Gema de ovo, maionese, creme de leite e sorvete de leite;

· Achocolatados, creme de leite e leite condensado ou evaporado, iogurte integral;

· Tortas e pastelaria; · Frituras, óleo de algodão, óleo de amendoim;

· Oleaginosas como nozes, amêndoas, etc.;

· Bacon, toucinho defumado e banha;

· Crustáceos e frutos do mar (camarão, lagosta, etc.);

· Macarrão com ovos ou molho com queijo;

· Biscoitos amanteigados, cremosos ou que contenham gema de ovo;

· Coco, abacate, caqui;

· Azeite, azeitona.


ALIMENTOS PERMITIDOS

· Carnes sem gordura, aves sem pele, peixes;

· Leite desnatado, margarinas "light", iogurte desnatado, ricota;

· Clara de ovo; · Frutas e suco de frutas, verduras, legumes e cereais;

· Sorvete de frutas ou à base de leite desnatado;

· Óleo de milho, girassol, soja e oliva;

· Arroz, feijão, lentilha, grão de bico;

· Pão integral, sem miolo (baguete), farinha integral e de aveia e bolo de aveia;

· Com moderação nas bolachas, biscoitos e macarrão.

O colesterol elevado no sangue - a hipercolesterolemia - é muito mais do que uma das causas da ateroesclerose, que leva ao estreitamento e ao entupimento das artérias coronárias. O colesterol em excesso é o alicerce de todo este processo. Qualquer um pode vir a ter níveis elevados de colesterol no sangue, independente de idade, sexo, ou raça. Mas como esta alteração não determina sinais ou sintomas, as pessoas se surpreendem com este diagnóstico. Não se alarme, mas encare esta situação seriamente. Se você tem níveis elevados de colesterol no sangue, existem alguns fatos importantes que você precisa saber para proteger a sua saúde. Primeiro, você precisa informar-se sobre o que significa colesterol elevado, de quanto está elevado e o que você deve fazer para reduzi-lo. Prepare-se para algumas mudanças,Modificar a sua dieta é certamente a maneira mais correta para reduzir os níveis de colesterol.

A prescrição dietética é fundamental no tratamento da hipercolesterolemia, e lembre-se, não existe "dieta mágica". Pense que você irá modificar seus hábitos alimentares e que essas modificações devem durar por toda a vida. É importante criar um novo hábito alimentar. para fornecer os nutrientes que você precisa, é necessário uma dieta variada de alimentos.A melhor maneira é escolher alimentos de diferentes tipos e, utilize-os sempre com moderação. Não elimine as carnes do cardápio, experimente transformá-las em complemento, escolha sempre cortes magros como: peito de Peru e de frango, patinho e coxão duro. Diminua todos os tipos de gorduras (para cozinhar, temperar saladas). Rompa definitivamente com frituras. Evite o consumo de ovos e lembre-se que muitos alimentos os contém (massas, bolos, doces, etc.). Lembre-se que a atividade física é coadjuvante à dieta sempre, e importante tanto para elevar os níveis de colesterol-HDL ("colesterol bom" = detergente) quanto para baixar os níveis de colesterol-LDL ("colesterol vilão").

Ainda mais, melhora a performance cárdio-pulmonar e lhe ajuda a "descarregar" o stress.

Nenhum comentário:

Postar um comentário